sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Como sair da crise...

A crise trouxe uma grande quantidade de comentários e comentadores em jornais, revistas, rádios e tv, seminários, congressos e workshops para além de inúmeros livros editados em que o tema é a crise e como sair dela.
Pode-se dizer que o comentário e o debate são a essência da democracia e que da "discussão nasce a luz" mas, frequentemente, o comentário é infundado e o debate inócuo.
As afirmações de Fernando Lima (consultor político de Cavaco Silva) são ilustrativas da "nebulosidade" informativa que nos rodeia:
"Controlar o fluxo noticioso numa época de grande competição informativa é de vital importância para o êxito de qualquer iniciativa no plano político" ou lembrando o "antídoto" encontrado pela equipa de Reagan para "combater os desvios da mídia" e manter a agenda política controlada, fazendo o que chamavam de "manipulação pela inundação" - excerto do Jornal "O Público"

Enfim, a crise transformou-se num negócio, para alguns!


Sem comentários:

Publicar um comentário