quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Relatório Técnico do FMI e a capacidade de análise dos portugueses

O que mais me impressionou até ao momento foi a capacidade extraordinária de leitura e análise do Relatório Técnico do FMI apresentado ontem pelo governo.

O Relatório está em inglês e tem 76 páginas mas a generalidade dos políticos da oposição, políticos do PSD  candidatos às eleições autárquicas, políticos do CDS que está no governo mas procura gerir a sua popularidade em próximas sondagens, Alberto João Jardim (o que atira os problemas para a frente com a barriga, portanto não admira que não analise o que quer que seja) e, no geral, um conjunto de personalidades que representam interesses corporativos instalados conseguiram a façanha de se pronunciar de forma mais do que definitiva sobre o seu teor.

Enfim, temos gente, com elevada capacidade intelectual. Ou não? Nem quero imaginar que, perante a atual situação do país (e de muitos portugueses) políticos com responsabilidade não analisem com atenção e espírito aberto um Relatório Técnico elaborado por uma entidade que foi chamada pelo governo do PS e que nos tem ajudado a financiar a economia (e os custos correntes).


Sem comentários:

Publicar um comentário