sábado, 7 de maio de 2011

Os problemas de base da nossa democracia continuam

Recentemente, vi uma entrevista na RTP com António Barreto em que este se referiu ao sistema de votação na Assembleia da República como "votação em manada". É verdade!
Na AR cada deputado não tem individualidade, vontade própria. A decisão em cada votação cabe ao núcleo central do partido de acordo, muitas vezes, com os seus interesses político - partidários do momento.
Num período em que muito se discute a situação económico-financeira de Portugal convém não esquecer a necessidade de mudar o nosso sistema eleitoral. O actual apenas suporta uma partidocracia decadente.
Se não for implementado um sistema uninominal bem poderemos reduzir o nº de deputados para, no máximo, uma dúzia (1 ou 2 por partido político). Pelo menos reduziamos significativamente os custos...

Sem comentários:

Publicar um comentário